PortugalSustentabilidade

Marca portuguesa cria a primeira cápsula de café 100% sem plástico e alumínio

1 min

Já não é novidade para ninguém que a epidemia do plástico tem fragilizado, em larga escala, os recursos naturais do planeta. Para contornar este problema, a empresa portuguesa de café Delta Q criou a primeira cápsula livre de resíduos plastificados e alumínio. Esta é feita à base de cana-de-açúcar, mandioca e milho — um composto denominado BioPBS.

 

Estima-se que as inovadoras cápsulas de café penetrem o mercado português no segundo semestre do ano corrente (2019). Uma vez que são totalmente orgânicas e biodegradáveis, terão uma validade de, aproximadamente, 90 dias. Além disso, os cafés que estas embalarão irão cumprir a tripla certificação de sustentabilidade (conservação da biodiversidade, agricultura sustentável e produção biológica).

 

Tendo em conta o seu ADN ecológico, os invólucros necessitam de estar em consonância. Por sua vez, estes serão feitos de cartão totalmente reciclável, com certificação FSC  — que assegura que o produto provém de uma floresta gerida de forma sustentável  — e impressos com tintas biológicas.

 

Aquando da apresentação da estratégia comercial eco-friendly, a Delta Q assumiu o compromisso de produzir 100% das suas cápsulas no formato biodegradável, até 2025.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.