PaísesPolíticaPortugal

Marcelo Rebelo de Sousa propõe ministro para a lusofonia

(Imagem: Reprodução e-publica.pt)

 

Marcelo Rebelo de Sousa, ex-líder do PSD, falou na conferência “Uma Visão de Futuro pela Lusofonia”, em Lisboa, para os estudantes de mestrado da Nova School of Business and Economics, que Portugal não pode depender de cada governo escolhido a cada quatro anos para tratar de assuntos ligados à lusofonia, assim, “sugeriu” o cargo de “ministro adjunto do primeiro-ministro para a questão da lusofonia”.

Segundo a Agência Lusa, o professor defendeu um “acordo militante” considerando o tema “uma aposta política fundamental”, pois não depende de um consenso entre partidos mas sim de uma perspectiva a longo prazo.

O comentador reforçou ainda a importância que a sociedade civil tem na ligação com a Lusofonia e no valor que a língua portuguesa tem no reforço e troca de conhecimentos económicos, sociais e humanos das comunidades lusófonas. Acrescentou ainda detalhes da sua experiência em vários países lusófonos como um curso de criação de leis em Cabo Verde e programas de mestrado em Angola para demonstrar a aproximação entre culturas.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.