BrasilNotíciasSaúdeSociedade

Médica brasileira ganha o Oscar da endocrinologia nos Estados Unidos

(Imagem: Reprodução Correio Braziliense)

A brasiliense Valéria Cunha Guimarães se tornou a primeira brasileira a ganhar o Prêmio a Laureados da Sociedade Americana de Endocrinologista, o Oscar da especialidade.

Valéria Guimarães trilhou o seu caminho para o “Oscar” (o prêmio assim é considerado porque se aplica em um sistema de indicações pelos pares e seleção de um grupo qualificado, como se faz no prêmio americano de cinema) com ações voltadas para a saúde pública, mesmo sem nunca ter trabalhado no Sistema Único de Saúde (SUS).

A médica foi a responsável por trazer ao Brasil o autoexame de tireoide, por impulsionar o movimento que exigiu o controle por parte do governo da quantidade de iodo no sal e também ajudou a quebrar o monopólio da União sobre o contraste do PET (exame que mapeia o corpo inteiro à procura de câncer), o que permitiu que o exame fosse realizado em todos os Estados do país.

– Não é preciso estar no SUS para fazer um serviço público extraordinário. Como cidadãos, identificados os problemas, todos podem fazer – explicou em entrevista ao Jornal Valor Econômico.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.