AngolaEconomiaPolítica

Mesmo sem troika a austeridade chegou a Angola

Há muito que a crise em Angola se fazia anunciar, mas os seus efeitos, ao nível de medidas governamentais ainda não se tinham sentido, até agora.

 

Num comunicado ao país, o Governo angolano anunciou não ter dinheiro para pagar os subsídios de natal, fruto da derrapagem financeira das contas públicas e da crescente desvalorização do kwanza face ao dólar.

 

Para fazer frente ao problema o Banco Nacional de Angola decretou que o 13º mês seria pago aos funcionários públicos em três tranches, a começar já a partir de outubro.

 

Também agora se ficou a saber que os salários de ministros, secretários de Estado e governadores de província foram reduzidos desde julho do ano passado de 4.078 dólares para 1.300 dólares, sendo o salário do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, o único que permanece sem alteração.

 

Várias empresas estão a falir, muitas outras têm salários em atraso e as dificuldades económicas também se fazem sentir ao nível do ensino superior, com o número crescente de desistências, por falta de dinheiro para pagar as propinas.

 

Se a tendência se mantiver é esperado que dentro de não muito tempo haja uma rutura de stock dos produtos básicos nas prateleiras das principais lojas e superfícies comerciais.

 

Leia mais:
>>> Conheça a fundo a crise angolana

3 Comentários

  1. Laura Martins
    7 Outubro, 2015 às 21:16 — Responder

    Talvez possa ir buscar aos milhões da filha do presidente, não acham?

  2. Mais velho
    19 Outubro, 2015 às 17:18 — Responder

    O culpado é este velho caduco que gasta o dinheiro do povo e distribui pelos gorilas amigos, depois falta para o país.

  3. Muhamad Mawungo miguel
    25 Outubro, 2015 às 18:46 — Responder

    Afilha dele ea1 damarica deafrica porke iso nos angolano sofremos pornada greve de fome este presidente meresi ser prisonario

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.