CulturaDestaqueMoçambiquePortugal

Musical adapta o tema dos refugiados à realidade lusófona

De 6 a 17 de janeiro, será narrada em Lisboa a história de mulheres refugiadas, vítimas da guerra.

 

A peça Ruínas, de autoria de Lynn Nottage e que ganhou um Pulitzer em 2009, leva ao palco do Teatro São Luiz o retrato do lado mais fraco numa guerra. É sobre o relato verídico de seis personagens, todas mulheres vitimadas de alguma forma pela guerra do Congo, que a trama se concentra.

 

Elas foram retiradas de suas aldeias e violentadas ou usadas como escravas sexuais, mas após o conflito, refugiam-se num bordel, que é onde a trama se passa. Entre elas, apenas uma não se prostitui. É Sophie, a cantora. Interpretada pela moçambicana Selma Uamusse, Sophie “ela traz no corpo as marcas do horror”, mas “tem vantagem, porque, ao cantar, liberta-se um pouco da dor”. Do elenco fazem parte também cantores e atores com histórias pessoais de fuga à guerra.

 

O diretor, o angolano António Pires, se reviu na trama e decidiu adaptar o musical à realidade lusófona, com letras de Kalaf e música de Filipe Raposo. De um cenário de tragédia e ruína, nasce um musical também cheio de esperança e de amor.

 

– Mantemos dois hinos gospel, que são muito transversais, mas as outras músicas são originais. Queríamos que esta fosse uma África mais lusófona, mais próxima de nós – destacou em entrevista ao Diário de Notícias.

 

Para além do palco, uma exposição com fotografias das mulheres que inspiraram as personagens estarão expostas pelas ruas de Lisboa, num percurso entre o Teatro do Bairro e o Teatro São Luiz.

(Imagem: Reprodução sapo.pt)
(Imagem: Reprodução sapo.pt)
Informações práticas:

Ruínas (de Lynn Nottage)

Encenação: António Pires. Música original: Filipe Raposo. Letras: Kalaf

Teatro Municipal São Luiz, Lisboa, até 17 de janeiro

Maiores de 16 anos

Bilhetes: 12 euro/15 euro

 

Leya

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.