Guiné-BissauPolítica

Nações Unidas renovam o compromisso com a Guiné-Bissau

Leya

 

 

O mandato da missão da ONU na Guiné-Bissau foi renovado, pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas, por mais um ano.

 

Durante a celebração da renovação do mandato, o Conselho de Segurança expressou o seu total apoio a Miguel Trovoada, representante especial do secretário-geral da organização naquele país, e apresentou uma lista de prioridades para a Uniogbis, destacando o diálogo político e o processo de reconciliação nacional.

 

O Conselho de Segurança das Nações Unidas apela aos líderes políticos da Guiné-Bissau para cumprirem os seus compromissos e trabalharem no sentido da estabilidade política.

 

O representante especial do Secretário-Geral das Nações Unidas para a Guiné-Bissau, Miguel Trovoada, afirmou “ser de relevante e especial importância estabelecer um pacto de estabilidade para resolver a crise política”.

 

Miguel Trovoada referiu o interesse de se criarem “regras básicas de orientação e gestão” no relacionamento entre as diversas instituições guineenses e lamentou as dificuldades de relacionamento «resultantes da má interpretação particular dos dispositivos legais, apesar da Constituição guineense consagrar atribuições e competências a cada órgão de soberania».

 

Por fim, Miguel Trovoada sublinhou que “a situação na Guiné-Bissau tem criado bloqueios” e que “a falta de diálogo” entre as instituições guineenses “impede que se ultrapassem determinadas situações que podiam ser resolvidas rapidamente”.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.