PortugalSociedade

Portugal: ideal para viver em segurança e em família, segundo “ranking” mundial

2 min

Segundo o Global Peace Index (GPI), Portugal ocupa o terceiro lugar no ranking dos países mais pacíficos do mundo, em 2019. Numa posição semelhante, mas um pouco mais abaixo, o país foi classificado como o quinto mais indicado para famílias, na lista do mesmo ano da UNICEF.

 

No GPI, as nações que seguem à frente de Portugal são a Islândia e a Nova Zelândia, respetivamente, sendo que o primeiro classificado se mantém na mesma posição desde 2008. Os critérios avaliados contemplam três principais fatores: a segurança da sociedade; a extensão do conflito doméstico e internacional em curso; e o grau de militarização. Além disso, trata-se de um indicador que cobre praticamente todo o globo — cerca de 99.7% da população mundial.

 

Deixando as classificações de lado, a visão global do GPI também se apresenta relevante. Segundo os dados mais recentes, esta foi a primeira vez, em cinco anos, que o índice de paz melhorou — sendo que, mesmo assim, a melhoria foi ligeira. O Butão foi o país que registou a melhoria mais significativa, no top 20, e subiu 43 lugares nos últimos 12 anos. No entanto, na última década, o nível médio de paz global piorou em 3.78%.

 

Na cauda está o Afeganistão, sendo agora considerado o país menos pacífico do mundo segundo o GPI. A Síria, que em 2018 tinha essa classificação, passou a ocupar o penúltimo lugar do ranking. Segue-se o Sudão do Sul, o Iémen — que está, pela primeira vez, na lista dos cinco países menos pacíficos — e o Iraque.

 

O Médio Oriente e o norte de África continuam a ser consideradas as regiões menos pacíficas do mundo. A Europa permanece como a zona mais pacífica.

 

Quanto ao segundo índice, da UNICEF, que contempla 31 países “ricos e com dados disponíveis”, os fatores a ter em conta são, naturalmente, outros. A duração da licença de maternidade e paternidade, bem como os serviços de saúde dos cuidados infantis, são as condições escolhidas para apontar resultados. Portugal ficou na quinta posição, depois da Suécia, da Noruega, da Islândia e da Estónia, respetivamente.

 

Os Estados Unidos da América ocupam o último lugar da tabela, sendo considerado o país menos adaptado para a vida familiar. Nova Zelândia, Austrália, Israel e Turquia são as nações que antecedem o território estadunidense.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.