EconomiaGrandes IdeiasPortugalSustentabilidade

Portugal vai produzir carros elétricos já a partir do próximo ano

Um consórcio entre a VE – Veículos Elétricos, uma empresa familiar do Entroncamento, e o Instituto Superior de Engenharia de Lisboa resultou num protótipo do primeiro carro elétrico português, o Geeco.

O veículo será montado em Vila Nova de Gaia pela Fibrauto, as estruturas metálicas virão da NCP, uma empresa de Aveiro e os componentes de tração, elétricas e eletrónicas virão de Barcelona, da Varelec.

(Imagem: Reprodução JN)
(Imagem: Reprodução JN)

O projeto teve um custo de 1,5 milhões de euros, 900 mil dos quais financiados por fundos europeus. O veículo está pronto desde 2012, altura em que também se iniciou a sua produção em massa, esperando-se que a partir do próximo ano já esteja disponível para ser comercializado por valores que variarão entre os 23 e os 25 mil euros, já com baterias incluídas, apesar destas terem um custo de aluguer mensal que pode rondar entre os 50 e os 79 euros.

O Geeco terá apenas dois lugares e três rodas e um consumo estimado de menos de um euro por cada 100 kms, sendo que as baterias terão autonomia para 400 kms.

 

A rede de abastecimentos começou a ser montada em 2008, em mais de 50 cidades do território nacional e já conta com um número de postos superior a 1300.

Para além do subsídio de 4500 euros já atribuído pelo Estado a quem decidir trocar veículos convencionais por elétricos ou híbridos, o Governo já prometeu incentivos fiscais adicionais para quem comprar carros amigos do ambiente.

Também a EDP oferece um ano de eletricidade grátis e descontos na conta da luz e do gás das residências de clientes que adquiram veículos elétrico ou híbridos.

(Imagem: Reprodução JN)
(Imagem: Reprodução JN)

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.