BrasilCulturaPaísesPortugal

Português e brasileiro correm o mundo em busca do “Sentido da vida”

(Imagem: Reprodução OV Guide)

O realizador português Miguel Gonçalves Mendes partiu num navio em direção a Cochim, na Índia, dando assim início a uma viagem à volta do mundo, durante nove meses, altura em que vai filmar o documentário “O Sentido da Vida”.

A rota da viagem prevê-se que seja a mesma que os navegadores portugueses tomaram há 500 anos atrás quando disseminaram a paramiloidose familiar, também conhecida como “doença dos pezinhos”, e terá como objetivo alertar para a doença as dificuldades dos seus portadores, bem como, confrontar as pessoas sobre o sentido filosófico da nossa presença no mundo.

Em Lisboa, antes da partida, já foram gravadas cenas com Giovane Brisotto, o cartógrafo brasileiro de 28 anos, portador da doença e co-protagonista do documentário, que acompanhará o português ao longo de todo este périplo, feito sem recorrer a viagens de avião, e com direito a paragens no Egipto, Nepal, Camboja, Vietname, China, Japão, Estados Unidos, Chile e Pólo Sul.

Em cada novo local encontrar-se-ão com convidados que os ajudarão a perceber o sentido da vida. Até agora estão confirmadas conversas com o escritor português Valter Hugo Mãe, o músico islandês Hilmar Orn Hilmarsson, a figurinista japonesa Emi Wada, o juíz espanhol Baltazar Garzón e o astronauta dinamarquês Andreas Morgensen, que está a pouco tempo de partir para a Estação Espacial Internacional.

Dilma Rousseff, a Presidente do Brasil e o Papa Francisco estão entre as personalidades convidadas para participar no programa, que será co-produzido pela O2 Filmes, a produtora do realizador brasileiro Fernando Meirelles.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.