CulturaPortugal

Exposição relembra o fim do império colonial português em fotografias

Leya

 

A exposição designa-se “Retornar – Traços de Memória“, uma iniciativa da EGEAC Cultura em Lisboa, desenvolvida pelas Galerias Municipais de Lisboa, que assinala os 40 anos do movimento que ficou conhecido por retorno das ex-colónias portuguesas e teve o seu auge na ponte aérea de 1975.

 

As imagens integram um projeto de investigação de mesmo nome, que busca perceber como são vividos, narrados e incorporado os eventos traumáticos relacionados com a história colonial tardia no Portugal pós-colonial.

 

A exposição decorreu de 4 de Novembro a 29 de Fevereiro, mas podes conferir aqui as fotos desta grande exposição:

Retornar - Traços de Memória
(Imagem: Reprodução Retornar – Traços de Memória)
Retornar - Traços de Memória
(Imagem: Reprodução Retornar – Traços de Memória)
Retornar - Traços de Memória
(Imagem: Reprodução Retornar – Traços de Memória)
Retornar - Traços de Memória
(Imagem: Reprodução Retornar – Traços de Memória)

Ao longo de quatro meses e em vários espaços, “Retornar – Traços de Memória” propôs uma reflexão sobre os 40 anos da vinda das ex-colónias portuguesas de África através de debates, teatro, performances, visitas comentadas e intervenção urbana na zona ribeirinha.

Retornar - Traços de Memória
(Imagem: Reprodução Retornar – Traços de Memória)
Retornar - Traços de Memória
(Imagem: Reprodução Retornar – Traços de Memória)
Retornar - Traços de Memória
(Imagem: Reprodução Retornar – Traços de Memória)
Retornar - Traços de Memória
(Imagem: Reprodução Retornar – Traços de Memória)
Retornar - Traços de Memória
(Imagem: Reprodução Retornar – Traços de Memória)

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.