BrasilSociedade

Segundo estudo, brasileiros são o 3º povo mais alienado em relação à sua própria realidade

Os países mais alienados do mundo em relação à sua própria realidade foram revelados em uma nova pesquisa, que mostra o quão errados todos nós podemos estar sobre o que acontece à nossa volta.

 

O estudo, denominado “Perils of Perception” (“perigos da percepção”, em tradução livre), mostra que muitas pessoas não têm conhecimento de fatos básicos sobre questões como a desigualdade, a imigração e a obesidade.

 

A pesquisa, realizada pela Ipsos MORI, utilizou os dados demográficos de cada um dos 33 países envolvidos no estudo e questionou as pessoas sobre eles. publicada seus últimos resultados esta semana. O país mais “inconsciente” foi o México, seguido pela Índia e pelo Brasil em segundo e terceiro lugar, respectivamente.

 

As origens multiculturais do país se refletem claramente na percepção dos brasileiros quando o assunto é imigração. No topo dos países que superestimaram este quesito, os resultados mostraram que os entrevistados pensam que um quarto (25%) da população brasileira é imigrante, quando na realidade, o valor é de 0,3%.

 

Antes de conferir os outros resultados brasileiros, teste se você está por dentro do que se passa no país:

 


 

QUIZ: Teste seus conhecimentos sobre a realidade brasileira

 

 

Você sabe quantas pessoas estão com sobrepeso ou obesas no Brasil?

Ou qual é a proporção de pessoas que têm acesso à internet em casa?

Faça o teste e veja se você está por dentro do que se passa com a população brasileira.

 

(Fonte: "Perils of Perception", Ipsos MORI)


Clique em "ver o resultado" para saber o seu desempenho 🙂



 

 

 

 


Os brasileiros também superestimaram bastante os quesitos relacionados à idade da população: ao mesmo tempo que apontaram uma idade média da população 25 anos mais velha que a realidade (56 anos de idade, quando a média real é de 31 anos), o Brasil também lidera a lista de países que superestimaram os números quando o assunto é a percentagem da população com 14 anos ou menos (os entrevistados apontaram 39%, quando na verdade as crianças representam 24% da população).

 

Quando o assunto é igualdade de gênero na política, os brasileiros foram otimistas e superestimaram o número real em 8% (apontaram que 18% dos políticos brasileiros são mulheres quando na verdade o número é de 10%).

 

O Brasil foi um dos poucos países participantes que subestimou a quantidade de riqueza acumulada pelos 1% mais rico da população do país: a média dos entrevistados acredita que os mais ricos detêm 40% da riqueza do país, quando na verdade o número real é de 48%.

 

A obesidade também foi outra questão que os brasileiros têm uma percepção fora da realidade, para menos. Em média, os inquiridos pensam que apenas 47% das pessoas estão acima do peso no país, mas o número real é mais do que a metade: 56%.

 

Quando o assunto é religião, os entrevistados erraram feio. A média das respostas ficou 27% acima do real número de pessoas no país que não têm uma religião. Enquanto os inquiridos acreditam que 35% da população brasileira declara-se ateu, agnóstico, ou não se identifica com nenhuma religião, na verdade, os dados oficiais apontam para apenas 8%.

 

Leya

4 Comentários

  1. José Santos
    27 Julho, 2017 às 13:51 — Responder

    Não precisa nem falar que é um estudo Britânico feito para colocá-los no umbigo do universo e animalizar e ridicularizar os outros povos, como de costume.

  2. Zé ninguém.
    28 Dezembro, 2017 às 13:38 — Responder

    Sério que essa foi a grande pesquisa? Engraçado que as respostas dadas pelos entrevistados deveriam ser de acordo com as pesquisas. Conheci muitos “pesquisadores” que “chutavam” números. Então quem estaria certo? E como o amigo falou, um “estudo” britânico, não precisa nem falar que a merda vai toda para o países mais pobres né? Especialistas, cientistas, estudiosos e etc. Os donos da verdade.

  3. jus
    10 Abril, 2018 às 13:16 — Responder

    Brasileiro é idiota, o mundo todo sabe

  4. Piso
    26 Maio, 2018 às 15:59 — Responder

    Acertei 4, mas acertei sem saber, pois não sabia nenhuma resposta.

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.