AngolaCulturaPaíses

“Sometimes People in Luanda Shine”

(Imagem: Reprodução ZHDK)

 

É este o nome de uma exposição em exibição neste momento na Universidade de Zurique.

Com o subtítulo “sobre minas terrestres, deficiência e criatividade em paisagens urbanas”, a exposição inclui mostras de fotografia, texto, áudio e vídeo, e é uma homenagem à sociedade angolana e à sua extraordinária capacidade de se reinventar quotidianamente, apesar das inúmeras adversidades e das marcas psicológicas e físicas deixadas pela guerra.

Pretende-se enaltecer a transição da urbe que superou uma guerra civil de 30 anos para se tornar a cidade mais cara do mundo. Em “Sometimes People in Luanda Shine”, retrata-se o espírito criativo de pessoas afetadas por poliomielite ou vitimadas por minas terrestres, que todos os dias lutam contra estigmas e contra a exclusão social, criando um estilo e um modo de vida muito próprio e quase único.

A exposição estará disponível ao público no campus Toni-Areal da Universidade de Artes de Zurique, até segunda-feira.

Sometimes-people-in-Luanda-shine_flyer_DR

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.