EconomiaPortugalSociedade

Um português criou calças de ganga tecnológicas em parceria com o MIT

As calças de ganga são talvez a peça de vestuário mais utilizada e generalizada em todo o mundo. Versáteis ao ponto de serem sexys e confortáveis, o seu sucesso é garantido, mas, no entanto, apesar de serem populares há imenso tempo, a sua evolução parece ter estagnado nos últimos anos. Não há melhoramentos significativos, sobretudo para problemas como a diminuição de conforto que as mesmas proporcionam quando estamos sentados ou deitados.

 

 

Foi mais ou menos com isto em mente que Miguel Carvalho, um português investigador e professor de Engenharia Têxtil da Universidade do Minho se debruçou a estudar o problema que  levou consigo para o Massachussetts Institute of Technology (MIT), onde é professor convidado e juntamente com Elazer Edelman, médico cardiologista, director de Centro de Engenharia Biomédica do MIT e director do Centro de Ciências da Saúde e Tecnologia da Harvard Medical School, começou a estudar os jeans atuais e a preparar a nova geração de calças de ganga.

(Imagem: Reprodução PPLware)
(Imagem: Reprodução PPLware)

Os resultados estão à vista com a criação da FYT Jeans. As FYT Jeans são calças de ganda de última geração com tecnologia embutida. Esta tecnológica faz com que não seja quem usa às calças que tenha de se adaptar a estas, mas o inverso.

(Imagem: Reprodução PPLware)
(Imagem: Reprodução PPLware)

A tecnologia das FYT Jeans permite a redução de cerca de 90% da compressão das calças normais, e minimiza a concentração localizada de temperatura e pressão, sem descurar a parte estética.

(Imagem: Reprodução PPLware)
(Imagem: Reprodução PPLware)

Ainda em fase de arranque, o projeto está a tentar angariar fundos, através de crowdfunding, para avançar para a produção dos modelos em fábrica, sendo esperado que atinja a meta dos 30 mil euros até ao dia 4 de janeiro de 2016.

(Imagem: Reprodução PPLware)
(Imagem: Reprodução PPLware)
Ajude a financiar este projeto

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.