CulturaPortugal

A moda veio para ficar: Fernando Pessoa virou herói de banda desenhada

Leya

 

Mais do que nunca a banda desenhada (BD) e os super-heróis estão na moda, sobretudo, graças ao cinema, onde os filmes da Marvel e da DC Comics têm batido sucessivos recordes de bilheteira (se ainda não viu o filme Deadpool acabe de ler este artigo, largue tudo o que está a fazer e vá vê-lo agora!).

(Imagem: Reprodução Revista Port)

Pois bem, talvez inspirados pela tendência recente, Miguel Moreira, um cartoonista português, fez da colorista Catarina Verdier, a sua sidekick, e lançou-se à aventura de transformar Fernando Pessoa numa personagem de BD.

(Imagem: Reprodução Revista Port)
(Imagem: Reprodução Revista Port)

O livro que agora lançam, chama-se As Aventuras de Fernando Pessoa, Escritor Universal, e acompanha a vida de Pessoa, desde o seu nascimento até à sua morte (embora, contrariamente aos super-heróis que usam fatos spandex, não é crível que regresse depois desta), não esquecendo episódios tão marcantes como o relacionamento com Ofélia, o Dia Triunfal, a Revista Orpheu e até o Livro do Desassossego.

(Imagem: Reprodução Revista Port)
(Imagem: Reprodução Revista Port)

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.