CulturaPortugal

“A Última Vez que Vi Macau” é o grande destaque dos Prémios Sophia

(Imagem: Divulgação do filme ‘A Última Vez que Vi Macau’)

Já são conhecidos os vencedores da segunda edição dos Prémios Sophia, organizada pela Academia Portuguesa de Cinema.

A Última Vez que Vi Macau de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata venceu o prêmio máximo da cerimônia, o Sophia de Melhor Filme, e ainda o de Melhor Argumento Original e o de Melhor Fotografia.

Já o longa Até Amanhã Camaradas de Joaquim Leitão conquistou mais troféus, sendo quatro no total: Melhor Realizador, Melhor Ator Secundário (Adriano Luz), Melhor Som e Melhor Guarda-Roupa.

O filme de Bille Auguste, Comboio Nocturno para Lisboa, venceu os nas categorias de Melhor Atriz Secundária (Beatriz Batarda), Melhor Direcção Artística e Melhor Música (Rodrigo Leão). O drama Em Segunda Mão conquistou dois prêmios nas categorias de Melhor Ator (Pedro Hestnes, que faleceu em 2011) e de Melhor Atriz (Rita Durão). Foram homenageados com o Prémio Carreira o realizador José Fonseca e Costa, o diretor de fotografia Eduardo Serra e o produtor e ator Henrique Espírito Santo.

A cerimônia foi realizada na última quarta-feira (08), no Centro Cultural de Belém (CCB), em Lisboa, e foi transmitida via streaming no site da Academia Portuguesa de Cinema. A Academia já informou que a terceira edição dos Prémios Sophia se realiza em abril de 2015.

Veja a lista completa de vencedores:

Melhor Filme
A Última Vez que Vi Macau

Melhor Realizador
Joaquim Leitão, por Até Amanhã Camaradas

Melhor Ator
Pedro Hestnes, em Em Segunda Mão

Melhor Atriz
Rita Durão, em Em Segunda Mão

Melhor Ator Secundário
Adriano Luz, em Até Amanhã Camaradas

Melhor Atriz Secundária
Beatriz Batarda, em Comboio Nocturno para Lisboa

Melhor Argumento Original
João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata, por A Última Vez que Vi Macau

Melhor Fotografia
A Última Vez que Vi Macau

Melhor Direcção Artística
Comboio Nocturno para Lisboa

Melhor Som
Até Amanhã Camaradas

Melhor Guarda-Roupa
Até Amanhã Camaradas

Melhor Caracterização
Comboio Nocturno para Lisboa

Melhor Música
Rodrigo Leão, por O Frágil Som do Meu Motor

Melhor Montagem
É o Amor

Melhor Documentário
A Batalha de Tabatô, de João Viana

Melhor Curta-Metragem de Ficção
Luminita, de André Marques

Melhor Curta-Metragem Documental
Lápis Azul, de Rafael Antunes

Melhor Curta-Metragem de Animação
Alda, de Ana Cardoso e Filipe Fonseca

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.