BrasilEconomiaPaíses

App brasileiro vence prêmio na ONU e começa a ganhar o mundo

(Imagem: Reprodução Cidadania em Pauta)

Um aplicativo para tablets criado em Recife (Brasil) está ganhando o mundo.  Criado por Carlos Pereira, o software nasceu como uma alternativa para permitir a comunicação de Clara, sua filha, que tem paralisia cerebral.

O app, desenvolvido em 2013, foi premiado no início de fevereiro pela Organização das Nações Unidas (ONU) como o desenvolvimento mais inclusivo do mundo.

– A Clara não fala, não anda, mas tem a inteligência normal. Ela é prisioneira do próprio corpo – , disse em entrevista ao Estado de S. Paulo o pai, que estudou programação Java por conta própria para construir o app, após testar sem sucesso vários aplicativos de comunicação alternativa.

O Livox é elaborado sobre um algoritmo que adapta o software ao usuário. Isso porque as capacidades motoras de quem o usa pode variar muito. Como interpretar um toque impreciso, ou outro que se arrasta pela tela? A “inteligência” dada à solução permitiu que ele pudesse ser usada por pessoas com dificuldades diversas, como autismo, deficiência visual ou auditiva.

O app reproduz em áudio textos digitados através de teclado virtual ou oferece a construção de orações como “Eu quero…” seguido de opções como “brincar”, “almoçar”, que, por sua vez, são sucedidos de botões com imagens e textos como “esconde-esconde” ou “macarrão”, respectivamente.

livox2
(Imagem: Divulgação)

Em dezembro de 2014, a equipe do Livox ganhou um prêmio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) disputado por startups com soluções voltadas para a melhora de qualidade de vida.

Dois meses depois, viria a premiação da ONU em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, que avaliou cerca de 20 mil aplicativos, de 178 países. A premiação na ONU rendeu a Carlos e sua equipe a possibilidade de levar a solução do Brasil para o mundo.

Hoje, o software já está disponível em 25 idiomas e funciona apenas em tablets Android, mas deve se tornar compatível com Windows 8 e 10 (em computadores e tablets com tela touch) e iPad (iOS).

Veja o aplicativo em ação:

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.