BrasilEducação

Brasil tem primeira escola pública bilíngue português-mandarim

 

(Imagem: Divulgação)

A partir deste ano, 72 alunos da rede pública de ensino do Rio de Janeiro têm a oportunidade de estudar na única escola do Brasil com ensino bilíngue de português e mandarim, com especialização em matemática.

Localizado no bairro de Charitas, em Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro, o Colégio Estadual Matemático Joaquim Gomes de Sousa – Intercultural Brasil-China funciona em um prédio histórico, que já abrigou a residência de veraneio da princesa Isabel.

A escola foi criada em parceria entre o governo do Rio de Janeiro e a Universidade de Heibei, na China, para oferecer ensino especializado em ciências exatas e em inglês e mandarim. Os alunos foram selecionados no ano passado, tendo sido privilegiado quem já estudava na rede pública estadual.

A universidade chinesa envia professores e material didático para a escola e a ideia é oferecer intercâmbios entre estudantes dos dois países. Através da parceria com a Universidade de Hebei, os alunos poderão se candidatar, ao final do curso, a um intercâmbio na instituição chinesa.

A previsão é que até 2017 a escola esteja a funcionar na sua capacidade plena, com 216 estudantes nos três níveis do Ensino Médio. Além das aulas regulares, os estudantes também têm acesso à sala de música, piscina e até sessões de pilates.

Segundo informações do portal Sapo, o colégio tem metodologia semelhante à da Escola da Ponte, no Porto, com ensino integral que tem em conta as aptidões e capacidades do aluno numa constante orientação vocacional e socio-emocional.

– O estudante chega muito jovem ao ensino médio. Aqui, nós oferecemos uma disciplina que o ensina a administrar o seu tempo, o que ele pode fazer para atingir o seu objetivo de vida. Essa disciplina é uma inovação aqui no Rio- , explica Patrícia Tinoco, subsecretária de Gestão de Ensino da Secretaria de Estado da Educação do Rio de Janeiro.

A escola integra o Programa Dupla Jornada, que oferece Ensino Médio Regular, aliado a disciplinas profissionalizantes, experimentais ou com foco em idiomas estrangeiros. Além desta, existem outras três escolas públicas bilíngues no Rio de Janeiro: de inglês, francês e espanhol. Uma nova unidade, com foco no ensino da língua alemã, está em negociação no governo estadual.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.