BrasilPaísesSociedade

Cientistas brasileiras entre as vencedoras dos prémios For Women in Science da Unesco

(Imagem: Reprodução PR Newswire)

Duas cientistas brasileiras estão entre as vencedoras dos prémios For Women in Science da Unesco

(Imagem: Reprodução L’Oreal)
(Imagem: Reprodução L’Oreal)

 

Thaisa Storchi é uma investigadora e professora na Universidade Federal do Rio Grande do Sul que venceu o prémio principal dos For Women in Science Awards (Prémios Pelas Mulheres na Ciência), atribuídos pela Unesco em conjunto com a Fundação L’Oreal que visam homenagear as mulheres que mais contribuíram para o progresso científico ajudando a mudar, explicar e moldar o mundo, em cinco regiões do globo: Africa e Estado Árabes, Ásia e Pacífico, Europa, América Latina e América do Norte.

O trabalho excepcional que levou ao reconhecimento da agência das Nações Unidas para a cultura, versa sobre buracos negros. Thaisa foi a primeira cientista a demonstrar que gás e poeira podem ser absorvidos e que a matéria pode escapar aos buracos negros.

Imagem 2
(Imagem: Reprodução L’Oreal)

 

Para além do prémio principal são ainda distinguidas a nível mundial 15 jovens e promissoras cientistas pelo trabalho brilhante que têm desenvolvido. Foi nessa categoria que foi distinguida a investigadora e professora na Universidade Federal de Goiás, Carolina Horta Andrade, pelos seus estudos na área da química medicinal e sobretudo, pelo desenvolvimento de medicamentos mais baratos e eficazes no combate à leishmaniose.

Os prémios foram instituídos em 1998, são uma forma de incentivar mais mulheres a optar pelo ramo científico, uma vez que hoje em dia apenas 30% dos investigadores são do sexo feminino.

A entrega dos prémios ocorrerá no dia 18 de março na Universidade da Sorbonne em Paris.

 

 

 

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.