BrasilPaísesPolítica

Fernando Collor de Mello é um dos escolhidos para investigar o futebol brasileiro

(Imagem: Reprodução Poder Online)

 

Fernando Collor de Mello, antigo Presidente do Brasil, o primeiro a ser eleito por voto direto do povo e o único na história do país, até agora, a ser deposto por via de um impeachment em 1992, atual senador do estado de Alagoas, foi indicado para fazer parte da comissão parlamentar de inquérito que vai investigar a corrupção no futebol brasileiro.

Fernado Collor foi escolhido para a comissão enquanto representante do bloco parlamentar formado pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), pelo Partido da República (PR), pelo Partido Social Cristão (PSC) e pelo Partido Republicano Brasileiro (PRB).

Os restantes senadores nomeados para a comissão são Humberto Costa, Zezé Perrela, Álvaro Dias e Romário, o principal impulsionador de todo o processo e autor da proposta da CPI. Em falta estão apenas os senadores enviados pelo Partido Social Democrata (PSD) e pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB).

O Senador Romário já anunciou que pretende investigar a fundo as federações estaduais e a Confederação Brasileira de Futebol  (CBF).

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.