BrasilMundoPaísesPolíticaSociedade

Irlanda disse “sim” ao casamento gay

(Imagem: Reprodução globo)

 

A Irlanda, apesar de ser um país de forte tradição católica, no sábado passado (dia 23) tornou-se a primeira nação a aprovar por referendo o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

As votações em questão tiveram a maior participação popular dos últimos 20 anos: cerca de 3,2 milhões de pessoas deslocaram-se às urnas, muitas delas estando fora do país, voltaram de propósito, e 62% disse “sim” ao casamento gay. (Dados da BBC.)

A Igreja manifestou-se a favor do “não”, no entanto, até os 84,2% dos irlandeses que se consideram católicos ignoraram o apelo religioso.

A festa de muitos casais gays (ou mesmo heterossexuais) fez-se no centro da capital e consideraram este dia histórico, pois a homossexualidade foi considerada crime até 1993.

A união legível entre duas pessoas sem distinção de sexo teve o apoio de várias celebridades, como o cantor Bono, do grupo musical U2, e o ator Colin Farrell.

Edna Kenny, primeiro ministro da Irlanda, declarou “Somos um pequeno país com uma grande mensagem para o mundo.” (Informações dadas pela BBC)

Atualmente, o casamento entre pessoas do mesmo sexo é legal em 20 países do mundo, incluindo o Brasil.

 

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.