PaísesPolíticaTimor-Leste

Xanana Gusmão pode abandonar brevemente o cargo de Primeiro-Ministro de Timor-Leste

(Imagem: Reprodução Agência Brasil)

 

Mesmo após a reunião de ontem entre Xanana Gusmão, atual Primeiro-Ministro de Timor-Leste e Taur Matan Ruak, Presidente da República do país, não foi conclusivo se o antigo líder da resistência maubere chegou a apresentar a demissão, e se, em caso afirmativo, esta foi aceite pelo Chefe de Estado.

Também em cima da mesa está a hipótese de uma remodelação governativa, que poderá até passar pela mudança de Primeiro-Ministro, mas com a manutenção de Xanana Gusmão enquanto membro do executivo, embora com outras funções, segundo revelou fonte do Conselho Nacional de Reconstrução Timorense (CNRT), o partido fundado por Xanana para concorrer às últimas eleições legislativas no país.

Fontes da Frente Revolucionária de Timor-Leste Independente (FRETILIN), o antigo partido de Xanana, confirmaram que, pelo menos, quatro membros do comité central foram contactados e convidados para fazer parte das novas soluções governativas para o presente mandato, que está em vigor até 2017.

É expectável que até à próxima semana seja comunicada qual a solução definitiva para este impasse governativo.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.