CulturaDestaque

Fundação Luso-Americana lança prêmio literário para escritores emergentes dos PALOP

A propósito das celebrações dos 800 anos da língua portuguesa, a Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD) e as Edições Esgotadas lançam o Prémio Literário Eduardo Costley-White, homenageando um dos expoentes máximos da poesia moçambicana, que dá nome ao prémio literário a ser atribuído a escritores emergentes dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa.

 

Exclusivamente dirigido a talentos oriundos de Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe, as candidaturas já estão abertas até ao dia 15 de Abril de 2016 e poderão ser submetidas no site da FLAD. O Prémio Literário Eduardo Costley-White garante a primeira edição da obra premiada.

 

– O reforço das relações de Portugal com África, através das comunidades portuguesas e africanas, constitui um importante pilar da nossa actuação. Neste caso, difundir a língua portuguesa e exaltar os autores que escrevem em Português foi um dos grandes objectivos que pautaram o lançamento do Prémio Literário Eduardo Costley-White – declarou o presidente da FLAD, Vasco Rato, em entrevista à Agência Lusa.

 

Após o lançamento do programa FLAD África em 2015, a ligação da Fundação com o continente apresenta agora um novo e desafiante capítulo, estimulando a produção literária escrita em Português e a emergência de obras inéditas que fazem parte do legado deixado por autores de expressão portuguesa, entre os quais o homenageado Eduardo Costley White, autor falecido em 2014.

 

Em 2016, a celebração dos 8 séculos da língua portuguesa coincide com a comemoração dos 30 anos da FLAD e os 20 anos de existência da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP). Três efemérides que serão assinaladas com a atribuição do Prémio Literário Eduardo Costley-White.

 

 

Leya

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.