BrasilPaísesSociedade

Marca de esmaltes erra feio em nome de coleção e é acusada de machismo

(Imagem: Divulgação Risqué)

A marca de esmaltes Risqué enfrenta uma onda de contestação após o lançamento de sua nova linha. A coleção, intitulada Homens que Amamos, traz seis esmaltes que fariam um “tributo aos pequenos gestos diários dos homens“, com a intenção de homenagear “os homens que fazem a diferença na vida das consumidoras“.

Até aí ok, querer se aproximar da realidade das consumidoras é técnica básica de publicidade para conquistar novas adeptas. O problema, contudo, foi a escolha dos nomes da nova linha: “André fez o jantar“, “Fê mandou mensagem“, “Guto fez o pedido!!“, “João disse eu te amo” , “Léo mandou flores” e “Zeca chamou pra sair“.

Os nomes causaram uma onda de críticas das consumidoras, que recorreram à internet para expor suas opiniões. Em poucas horas, a hashtag #homensrique já era um dos trending topics do Twitter no Brasil.

Me parece lógico, já que fazer o jantar, dizer que ama e chamar para sair fazem parte de qualquer relacionamento normal — nada merecedor de homenagens. Selecionamos alguns tuítes que revelam os “pequenos machismos” de todos os dias que muita gente não vê:

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.