AngolaBrasilGuiné-BissauMoçambiquePaísesPortugalSociedadeTimor-Leste

Países de língua portuguesa estão entre os melhores e os piores no ranking mundial da paz

(Imagem: Global Peace Index 2015)

O Institute for Economics and Peace publicou este mês o Global Peace Index 2015, um relatório anual em que a entidade analisa a situação da segurança em 162 nações do planeta. No estudo, foram levados em conta fatores como os índices de assassinatos, o número de armas em circulação e a população carcerária em cada um dos países.

Dos países de língua oficial portuguesa, Portugal foi o que conquistou uma melhor colocação, com o 11º lugar no ranking geral. Em seguida, a meio da lista, estão Timor-Leste (58º), Moçambique (80º) e Angola (88º).

ranking1
(Imagem: Global Peace Index 2015)

O Brasil, cuja violência tem recebido destaque na imprensa internacional nos últimos meses, amarga um 103º lugar e só não está pior do que a Guiné-Bissau, que ficou em 120º. Mas vale lembrar que ainda que esteja no fim do ranking lusófono, a Guiné-Bissau é apontada como um dos países em que a paz mais aumentou no último ano.

ranking2
(Imagem: Global Peace Index 2015)

Cabo Verde e São Tomé e Príncipe não foram incluídos no estudo.

Segundo as conclusões do estudo, o mundo é menos pacífico hoje do que era em 2008. Os indicadores que mais pioraram são o número de refugiados, as mortes por conflitos internos e o impacto do terrorismo.

Veja na animação abaixo a evolução do desempenho dos países avaliados nos últimos oito anos:

(Imagem: )
(Imagem: Global Peace Index 2015)

Leia mais:

>>> O Brasil está em guerra e não sabe

>>> Portugal poderá acolher cerca de 2 mil refugiados

>>> Pedidos de refúgio ao Brasil cresceram mais de 2.000% nos últimos cinco anos

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.