DestaquePortugalSociedade

Petição pede um “Central Park lisboeta” no antigo espaço da Feira Popular

Uma petição pública pede a transformação do antigo terreno da Feira Popular numa espécie de “Central Park” lisboeta.

 

Com 143 mil metros quadrados, a área, que a Câmara Municipal pretende vender a investidores imobiliários, já foi duas vezes a hasta pública sem apresentação de propostas.

 

Segundo o documento da petição, a ideia é que no lugar da Feira Popular exista “um parque que possa integrar ciclovias, circuitos de manutenção, espaços amplos relvados, zona de eventos culturais como musica, cinema ao ar livre, conferências, exposições e outros eventos públicos (feiras de Natal, feira do Livro, etc), zona de restaurantes/cafés/quiosques e lojas, campos de padle/ténis, campos de futebol/basquete e uma roda gigante, que faria lembrar a mítica feira popular. Submerso ao parque, um estacionamento para residentes com avenças mensais e uma zona de estacionamento público, retirando carros da superfície, como se faz em muitas cidades evoluídas no mundo”.

 

Clique AQUI para aceder à petição

 

A ideia surgiu quando foi divulgada uma imagem aérea do espaço, a propósito de uma notícia que dava conta da falta de interessados na aquisição dos terrenos de Entrecampos, revelou à agência Lusa o criador do documento, o lisboeta Augusto Homem de Mello.

 

Mello acredita que um “Central Park” lisboeta conferiria à cidade “um cartão-de-visita mais sofisticado e mais em linha com outras cidades do ‘primeiro mundo’ “.

 

Leya

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.