BrasilCulturaPaíses

Surrealismo em Portugal: veja as gravuras de Salvador Dalí que estão expostas em Lisboa

(Imagem: Reprodução Perve Galeria)

De hoje até 20 de setembro, quem circular pelos corredores do Centro Comercial Colombo poderá descansar os olhos das vitrines admirando uma centena de ilustrações originais de Salvador Dalí. As imagens ilustram a alegoria do mundo espiritual criada pelo poeta italiano Dante Alighieri no livro “A Divina Comédia”.

daliMONTA4
(Imagem: Reprodução Perve Galeria)
daliMONTA5
(Imagem: Reprodução Perve Galeria)

Desse encontro entre o imaginário dos dois mestres surgiram 100 aquarelas comemorativas, que compõem a exposição Museu Temporário Salvador Dalí. As obras podem ser apreciadas pelo público português a partir de hoje, no Centro comercial Colombo, em Lisboa. A exposição integra a celebração dos 750 anos do nascimento do escritor Dante Alighieri.

daliMONTA3
(Imagem: Reprodução Perve Galeria)

A série de ilustrações foi encomendada pelo governo italiano na década de 1950, em comemoração aos sete séculos da Divina Comédia. Dalí ilustra o enredo proposto por Dante, que trata, em sua obra, de uma viagem ao Inferno, ao Purgatório e ao Paraíso, e é nestas três áreas que estão divididas as ilustrações no museu temporário.

daliMONTA6
(Imagem: Reprodução Perve Galeria)

Segundo nota divulgada pelo centro comercial, são nove salas inter-relacionadas, organizadas em três alas temáticas – Inferno, Purgatório, Paraíso –, estrutura que permite a multiplicação de possíveis percursos expositivos, originando leituras lineares ou fragmentadas da exposição.

daliMONTA1
(Imagem: Reprodução Perve Galeria)

Os múltiplos atravessamentos possíveis, estabelecem uma relação de contínua permeabilidade visual com o centro comercial, enfatizada pela ausência de cobertura que permite, desde as galerias superiores, ler o esquema organizacional do pequeno museu temporário. Tendo como ponto de partida o Surrealismo trabalhado pelo artista exposto, as paredes da estrutura expositivas surgem deformadas e assumem uma estratificação irregular, procurando transportar o visitante para um mundo irreal. Compostas por camadas sobrepostas de placas de esferovite, as paredes constroem uma materialidade invulgar, marcada por sucessivas linhas horizontais de espessura variável, assumindo sombras mutáveis ao longo do dia. O pavimento denso e espesso, em tapete de fibra de côco, procura estabelecer um momento de pausa no centro comercial, enfatizando o Museu Temporário Salvador Dalí enquanto espaço cultural“, afirma a nota.

daliMONTA2
(Imagem: Reprodução Perve Galeria)

As obras do surrealista mostram as criaturas e personagens presentes no livro, como Virgílio e Beatriz, a musa e amada do poeta. Essa, aliás, não foi a primeira vez que Salvador Dalí fez incursões por temas literários. Na década de 1940, o mestre surrealista ilustrou uma edição de Dom Quixote, de Miguel de Cervantes.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.