AngolaBrasilPolíticaSociedade

Bela iniciativa: Refugiados no Brasil criam vídeo para agradecer abrigo

(Imagem: Reprodução Youtube)

Segundo dados do Comitê Nacional para Refugiados (Conare), estima-se que hoje o Brasil abriga cerca de  7.700 refugiados reconhecidos, de 81 nacionalidades distintas – incluindo refugiados reassentados.

O país é signatário dos principais tratados internacionais de direitos humanos e é parte da Convenção das Nações Unidas de 1951 sobre o Estatuto dos Refugiados e do seu Protocolo de 1967.

 

Captura de Tela 2015-06-12 às 15.43.09

(Imagem: Reprodução ACNUR)

 

>>> Leia mais: Pedidos de refúgio ao Brasil cresceram mais de 2.000% nos últimos cinco anos

Um grupo de 50 refugiados que moram em São Paulo participou de um projeto inédito no país: criou um vídeo para agradecer o abrigo que receberam do Brasil. O objetivo foi explicar o que é ser um refugiado, e no gesto de gratidão, tentar reduzir o preconceito que muitas vezes sofrem.

A produção do vídeo durou dez meses e contou com refugiados de 12 países, que participaram desde a composição das músicas e roteiro até a edição das imagens.

 

 

De acordo com o Conare, os principais grupos são compostos por nacionais da Síria, Colômbia, Angola e República Democrática do Congo. Este perfil vem mudando gradualmente desde 2012, quando o país adotou uma cláusula de cessação de refúgio aplicável aos angolanos e liberianos, com base em orientação global expedida pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur) em junho do mesmo ano.

De acordo com dados divulgados pelo Conare no início deste mês, o Brasil registrou um crescimento no número de pedidos de refúgio de 2.131% nos últimos cinco anos. Somente em 2014, o país recebeu o maior número de solicitações de refúgio da América Latina. A maioria dos solicitantes de refúgio vem da África, Ásia (inclusive Oriente Médio) e América do Sul.

 

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.