PortugalSustentabilidade

Lisboa Horizontal: é possível ciclovias na cidade das sete colinas?

A importância de uma utilização mais frequente de meios de transporte alternativos, que não poluam o meio ambiente e que tornem as deslocações mais eficientes, principalmente em grandes cidades, é um tema constante de debate público. Como já foi noticiado pelo Conexão Lusófona, no próximo ano serão disponibilizadas 1400 bicicletas em zonas estratégicas da cidade, através de sistemas de bicicletas partilhadas.

 

Mesmo com as iniciativas anunciadas, as características topográficas de Lisboa, conhecida como “cidade das sete colinas”, geram discussões sobre as dificuldades e alternativas na utilização da bicicleta e na criação de ciclovias. Foi com base em estudos que os arquitetos de um escritório de arquitetura e paisagismo, o BXLX, projetaram uma rede de ciclovias acessíveis, inspiradas num sistema do metro.

 

As ruas foram divididas pelos arquitetos em três categorias: horizontais, com uma inclinação de até 4%; as recomendadas para distâncias curtas, com inclinação entre os 5% e os 6%; e as menos acessíveis, mais inclinadas, com índice acima dos 7%. Através desta pesquisa, a conclusão resultante é que mais de 60% da cidade é formada por ruas com inclinação inferior aos 4%, portanto, predominantemente planas, ou com poucos aclives e declives.

 

Para alcançar o objectivo do projecto na implantação da rede de ciclovias, a proposta foi dividida em três níveis. Além de ser baseada no sistema do metro e organizada por caminhos lógicos, num segundo momento o deslocamento dos ciclistas para os pontos mais altos da cidade será possível através dos elevadores, com instalação em novos pontos e adaptação dos já existentes. Posteriormente, o objectivo é a existência de uma rede de bicicletas eléctricas partilhadas na capital.

 

O Lisboa Horizontal já foi candidato no concurso Ideias de Origem Portuguesa 2015, da Fundação Calouste Gulbenkian, e foi um dos 20 primeiros colocados do BIG Smart Cities 2015, patrocinado pela Vodafone.

 

Visite o site da Lisboa Horizontal

 

Leya

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.