AngolaBrasilCabo VerdeGuiné-BissauMoçambiquePaísesPortugalSão Tomé e PríncipeTimor-Leste

“O Benfica é um clube da lusofonia” diz o Presidente do clube

(Imagem: Reprodução Sapo)

 

Depois da vitória no bicampeonato e da festa no Marquês de Pombal, que se estendeu a vários outros pontos do país e do mundo, o Benfica foi esta semana recebido e homenageado na Câmara Municipal de Lisboa, por ter reconquistado o título de campeão português novamente esta época.

A cerimónia protocolar teve lugar nos Paços do Concelho, onde a comitiva encarnada foi recebida pelo Presidente da Câmara, o Dr. Fernando Medina, e pela sua equipa no Salão Nobre.

No discurso que proferiu, Luís Filipe Vieira, o Presidente do clube, destacou que o Benfica, apesar de ser um clube português, é mais que isso, é um símbolo da lusofonia.

Este título é de Portugal, de Norte a Sul. O título não foi ganho contra ninguém. O Benfica é um clube da lusofonia que vai muito para lá das fronteiras de Portugal. Foi um título festejado em África, Brasil ou Timor. É um título que celebra o futebol, a mística e honra os seus fundadores. É um título que não pertence a ninguém e só pode ser celebrado de forma coletiva. […] O Marquês continuará a ser o palco onde o Benfica irá celebrar as suas vitórias. Somos livres de celebrar o título no local mais emblemático da cidade que nos viu nascer. O Benfica é muito mais que uma equipa de futebol. Espero, na próxima época, voltar aqui para celebrar mais um título”.

Pouco depois de tirada a foto oficial do evento, jogadores e staff encarnados dirigiram-se à varanda para saudarem e serem saudados pela multidão de milhares de pessoas que se encontravam concentradas à porta do edifício camarário, à espera de ver os seus heróis erguerem a taça que simboliza mais uma conquista na já rica história do clube.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.